6.69
Star Wars: Os Últimos Jedi

Star Wars: Os Últimos Jedi

Título original
Star Wars: The Last Jedi
Ano
2017
Gênero
Ação , Aventura , Fantasia , Ficção científica
Diretor
Rian Johnson
País
Estados Unidos
Detalhes
150 minutos / colorido / som

Rey continua sua saga para entender a força, contando com ajuda do mítico Luke Skywalker e a Primeira Ordem, liderada por Snoke e Kylo Ren, ameaça acabar com a última esperança de restaurar a república atacando a aliança rebelde.

Enviado por thiagones

Trailer


Poderia ser fantástico!

Rian Johnson buscou ser ousado e tentar se diferenciar em muitos momentos, porém parece ter falhado miserávelmente ao frustrar grandes expectativas dos expectadores em momentos que poderiam ser épicos. Os Últimos Jedi poderia ser um grande filme, com certeza conseguiu se diferenciar do resto, mas será que foi bom? Não sei, para mim ficou confuso e perdido em um roteiro cheio de plot twists insignificantes, cheio de personagens não desenvolvidos e arcos que não chegam a lugar nenhum. A sensação que ficou foi de incerteza. Fui ao cinema para ver uma construção épica dentro de uma narrativa clássica, com momentos construídos para serem surpreendentes mas levei para casa um filme que não me emocionou, me causou estranhamento SPOILER - A Léia voltando para a nave da resistência depois de sua cabine de comando explodir e congelar no vazio do espaço e miraculosamente sobreviver. Obrigado Rian, por tentar trazer um novo jeito de enxergar a franquia, não me convenceu, mas valeu a tentativa. Espero que o J.J Abrams entregue um grand finale para essa trilogia!

Enviado por  lucaslc07


Decepcionante

Apesar de alguns defeitos, achei o "despertar da força" um bom filme de ação e que respeitou a qualidade e características da série. Isso me animou bastante para ver a sequência. No entanto, mesmo antes de sair da seção de "os últimos jedi", já sentia a tristeza de ter visto, talvez, o pior filme da série. Acredito que a mudança de direção tenha sido um mal para essa trilogia, pois a impressão que passa é que Ryan Johnson têm uma concepção totalmente diferente da de JJ Abrams sobre a série, e isso é muito perigoso para a estrutura de uma continuação. Problemas: Excessivamente longo (2:30h) para a proposta apresentada; muitas cenas descartáveis e extremamente inúteis para o todo; cenas cômicas constrangedoras e piadas sem graça; roteiro muito truncado; trama enfadonha (você percebe isso quando, no final, você está torcendo mais pro filme acabar do que esperando o clímax); personagens e cenas MUITO mal aproveitados (acabaram com Finn, relação Luke e Rey totalmente vazia, snoke, etc); cenários esquisitos; Nenhuma resposta revelada para pelo menos UMA pergunta surgida no primeiro filme e por aí vai. Enfim, o título já revela o que senti com esse filme. JJ Abrams está numa situação em que nenhum diretor gostaria de estar: consertar os estragos para o último filme. Só nos resta torcer...

Enviado por  GStevens