8.25
Bastardos Inglórios

Bastardos Inglórios

Título original
Inglourious Basterds
Ano
2009
Gênero
Drama , Guerra , Ação
Diretor
Quentin Tarantino
País
Estados Unidos , Alemanha
Detalhes
153 minutos / colorido / som

Onde assistir?

Stream

  • Netflix
  • Amazon Prime Video
  • Paramount Plus
  • Telecine Play
  • Globo Play
  • NOW

Alugar

  • Apple iTunes
  • Claro video

Comprar

  • Apple iTunes
dados fornecidos por JustWatch
 

Durante a Segunda Guerra, na França ocupada pelo exército alemão, a jovem Shosanna Dreyfus (Mélaine Laurent) testemunha a execução da família pelo coronel nazista Hans Landa (Christoph Waltz). Porém, ela consegue escapar e passa a viver sob a identidade de uma proprietária de cinema em Paris, enquanto aguarda o momento certo para se vingar. Ainda na Europa, o tenente Aldo Raine (Brad Pitt) organiza um grupo de soldados judeus para lutar contra os nazistas. Conhecido pelo inimigo como Os Bastardos, o grupo de Aldo recebe uma nova integrante, a atriz alemã e espiã disfarçada Bridget Von Hammersmark (Diane Kruger), que tem a perigosa missão de chegar até os líderes do Terceiro Reich.

Enviado por pak


Obra de arte!

confesso que fui ver esse filme com um pé meio atras msm sendo eu muito³ fã do Taranta, mas felizmente eu estava totalmente errado. O filme é lindo do começo ao fim. Fotografia, varias cenas marcantes, Christoph Waltz (futuro ganhador do oscar de melhor ator coadjuvante), e todos os outros atores. Não tem palavras para descrever esse filme.

Enviado por  kiddo


Puta Cara....

Um filme que com cada capítulo nos traz um sentimento de prazer cinematográfico, personagens diversificados e ricos, roteiro impecável e apresenta os desejos mais insanos do ser humano. Esplendida a atuação de Christoph Waltz (Hans Landa) e Pitt (como Aldo Raine). E Quentin que em sua estreia com um filme de guerra foi um Mestre. Digno de aplausos, risos e satisfação. Weberton

Enviado por  WSM


Engraçadissimo

Enviado por  tiagomortatti


Que direção!

É certo que o sotaque de Brad Pitt é forçado e a história é batida, visto que há milhões de filmes que tratam do mesmo tema; mas, o que Tarantino faz é espetacular: deixa as cenas de diálogo extremamente reais; além disso, há muitas cenas sanguinolentas... e hilariantes - principalmente aquela em que B. Pitt, junto com seu amiguinho, passa-se por italiano... Enfim, Kathryn Bigelow vencer o Oscar de Melhor Diretor(a) é uma piada.

Enviado por  ThGr


Foda

Muito foda. Aula de cinema!

Enviado por  fabioalvesds


Tarantino é gênio!

Enviado por  reservoirdog


Um dos melhores

O filme é demais! Uma verdadeira miscelânea cultural, de estilos e caricaturas. Os personagens são inebriantes! Até Brad Pitt que, como diria uma amiga: "é muito plástico", está à altura da fábula tarantinesca. A história é fantástica, em todos os sentidos que cabem à palavra. E, embora seja apenas um filme, é impossível não regozijar-se com a versão "bastarda" da queda do Terceiro Reich. Pode parecer exagero, mas eu saí do cinema pensando: "Bem feito, Adolf!". Enfim, todas as congratulações para Tarantino!

Enviado por  Cora


Muito bom!

Uma verdadeira aula de cinema e de uma grande imersão na natureza humana. Terceiro melhor Tarantino que já vi.

Enviado por  Carlinus