Marco Bellocchio Melhores filmes por diretor

Marco Bellocchio

Marco Bellocchio (Bobbio, Emilia-Romagna, 9 de novembro de 1939) é um realizador, argumentista e actor italiano. Depois de ter feito os estudos numa escola salesiana, onde a sua irreverência o levou a ser considerado um rebelde, Marco Bellocchio cedo mostrou interesse pelo mundo do cinema. Na cidade onde cresceu frequentava assiduamente o cinema local, onde a paixão pelo cinema o levou a rumar a Londres, em 1959, para estudar cinematografia. De regresso a Itália, assina o seu primeiro filme, com vinte e seis anos de idade - I pugni in Tasca (1965), o qual foi logo notado pela crítica pelo seu carácter irreverente e anticonformista. No mesmo sentido os filmes que se seguiram: La Cina è vicina (1967) e Il popolo calabrese ha rialzato la testa (Paola) (1969). Em 1969 foi convidado para dirigir um episódio de um filme colectivo (Amore e rabbia, ao lado de nomes como Pasolini, Bertolucci, Lizzani e Godard. Evocou os traumas da sua infância na película [[Nel nome del Padre]] (1972), uma crítica violenta ao ensino religioso. No ano de 1978 conhece o psiquiatra Massimo Fagioli, com quem inicia uma longa e complexa colaboração: Fagioli participaria ativamente na realização de quatro dos seus filmes: (Il diavolo in corpo, La visione del Sabba, La condanna e Il sogno della farfalla). Em Bobbio dirige o Laboratório Farecinema e o Festival Cinematográfico Bobbio Film Festival. Em 2008 realizou Vincere, um filme que relata a conturbada vida de Ida Dalser, amante de Benito Mussolini e mãe do seu filho Benito Albino.


23 filmes