Hugh Thomas Melhores filmes por ator

Hugh Thomas, Barão Thomas de Swynnerton (Windsor, 21 de outubro de 1931) é um historiador e romancista britânico.
Thomas foi educado em Sherborne School, em Dorset, antes de obter o bacharelado em Artes no Queens' College, na Universidade de Cambridge, no ano de 1953. Também estudou na Sorbonne, Paris.
Em 1961, seu livro The Spanish Civil War ganhou o prêmio Somerset Maugham para 1962. Uma terceira edição, maior e significantemente revisada, foi lançada em 1977. Cuba, or the Pursuit of Freedom (1971) é um livro de aproximadamente mil e quinhentas páginas que trata sobre a história de Cuba, de colônia espanhola até a revolução de Fidel Castro. Thomas realizou pesquisas ao longo de dez anos para escrever tal livro.
De 1966 a 1975, foi professor de História na Universidade de Reading. Foi Diretor do Centro para Estudos Políticos em Londres (1979-1991) e um aliado da ex-primeira-ministra Margaret Thatcher. Em 1981, recebeu o título vitalício de Barão Thomas de Swynnerton, de Notting Hill, na Grande Londres.
Ele tem escritos trabalhos políticos associados com a União Europeia, bem como histórias. Além disso, é autor de três romances.
Hugh Thomas é casado com Vanessa Jebb, filha do primeiro secretário-geral das Nações Unidas, Gladwyn Jebb.
Hugh Thomas é citado no livro 2666 de Roberto Bolaño. Na tradução brasileira do romance 2666, "Tráfico de Escravos" é citado pelo personagem Antonio Jones (páginas 256 e 257).
Fonte
Total 2 • Ordenar Ranking | Ano
Diretor(es) Lindsay Anderson
Pontos 7.54
Pontos 5.45
Entrar